Publicado em: 06.11.2018

Sai o rosa e entra o azul

A sede da OAB-Londrina passará o mês todo de novembro iluminada com a cor da campanha de combate ao câncer de próstata, a exemplo do que ocorreu em outubro, quando a sede ficou iluminada de rosa, lembrando as mulheres da importância dos exames que podem detectar precocemente o câncer de mama.

O câncer de próstata, de acordo com dados da Sociedade Brasileira de Urologia, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

A doença, no entanto, pode ser combatida se detectada no início. Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são: dor óssea;  dores ao urinar;  vontade de urinar com frequência;  presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico).

Fonte: OAB Londrina
Recomendar este Artigo por email